quinta-feira, 2 de julho de 2009

Reportagem Tv Vanguarda

15h16min - 02/07/2009 Professores são capacitados para educar deficientes visuais nas escolas de Lorena A inclusão de pessoas com necessidades especiais ainda é um desafio, principalmente nas escolas. Em Lorena, profissionais de diversas áreas estão aprendendo a linguagem Braille e se preparando para lidar melhor com os portadores de deficiência visual. Uma iniciativa que vai beneficiar alunos como Alan Gerônimo, de 18 anos, que é o único portador dessa deficiência em sua turma. Ele conta com uma boa audição e ajuda dos colegas. O material utilizado para escrever é bem diferente do convencional, e se a professora conseguisse entender o que ele registra no papel, a comunicação entre eles ficaria mais fácil.”Se os professores aprendessem o método do Braille seria muito mais fácil”, comenta Alan. A inclusão social é um desafio que começa a ser superado. Mas, em Lorena, muitos professores já deixaram a sala de aula para aprender o universo dos deficientes visuais. No Centro Interdisciplinar de Assistência Educacional, os bacharéis são alunos. É como iniciar tudo de novo. Para aprender o Braille, eles precisam se adaptar aos diferentes materiais utilizados pelos deficientes. “Para gente é muito difícil, mas vai ser útil para nós mesmos, para podermos lidar com os alunos que vêm às nossas salas”, fala a professora e aluna do curso Ana Aparecida de Faria. Quarenta e dois profissionais ligados a área da educação estão sendo capacitados. O curso tem duzentas e setenta horas e as aulas são ministradas por quem conhece o assunto. A professora Luciane Barbosa é portadora de deficiência visual. Bem humorada, ela orienta o grupo a como se relacionar com os deficientes. “Além da grafia e da prática, passo algumas noções de relacionamento com um deficiente visual”, conta Luciane. Quem quiser se inscrever para as próximas turmas deve procurar o Centro de Assistência Educacional, que fica na Rua Godoy Neto, 396, no Bairro da Cruz. Fonte: http://www.vnews.com.br/noticia.php?id=52562 Assista também ao vídeo...

13 comentários:

  1. Estive por aqui em visita ao seu blog! Aprendi um pouco com os seus escritos!! Abraços Ademar!!

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo professora Luciane,acredito que com sua força pedagógica a Educação Inclusiva tende a melhorar muito. Parabéns, Luciane pela iniciativa e pela luz que você nos transmite. Abraços Delamare!

    ResponderExcluir
  3. Neste formatod e ensino existe um site com Dicion´rio em Libras e Braille e com isso permitir a acessibilidade do aprendizado para pessoas com deficiÊncía visual, auditiva ou pessoas sem deficiência.

    Vejam no site: www.librasebraille.com.br

    Gde abraço

    ResponderExcluir
  4. Esta deveria ser a atitude tomada por todos os educadores conscientes, de precisam dominar a grafia para dar suporte a seu aluno deficiente visual.

    carla

    ResponderExcluir
  5. Lúcia Filomena Pauli Bettiol11 de junho de 2010 16:12

    Olá Professora Luciane! Sou professora de crianças com deficiencia visual a 5 anos e quero parabeniza-lá por seu trabalho, pois sei o quanto nos realizamos como profissional e seres humanos, a nossa profissão nos dá o privilégio de aprendermos com esses alunos que são verdadeiras lições de vida.
    Abraços da professora Lúcia, da sala de recursos, em Piracicaba.

    ResponderExcluir
  6. Parabens a este trabalho tao rico que tens feito. Espero poder aprender um pouco sobre o conhecimento da grafia braile

    ResponderExcluir
  7. Penso que o conhecimento da escrita Braille é importante para todos os educadores. A inclusão está aí e já é possível mais negá - la.

    ResponderExcluir
  8. Ola,prof@ Luciane,meu nome é Angela Ferraz, estou cursando este maravilhoso curso de Braille que voce tem nos proporcionado, estou encantada, apaixonada por tudo, pelos materiais, enfim estou muito feliz em poder participar de algo tão maravilhoso como é a inclusão. Todos os profissionais, não só da educação, mas de todos os segmentos, deveriam aprender braille, libras, só assim poderíamos ajudar e ser mais úteis nesse processo tão novo que estamos nos relacionando, que é o da inclusão escolar e social.
    Obrigada linda, por voce nos proporcionar tamanha maravilha.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  9. Marluce D'Ávila da Silva21 de fevereiro de 2011 20:57

    Marluce D'Ávila da Silva
    Olá profª Luciane, gostei muito do vídeo e de saber que os professores estão se mobilizando em prol da inclusão. Parabéns pelo curso proporcionado e por seu trabalho maravilhoso. Bjs

    ResponderExcluir
  10. profª Luciane, gostei muito da reportagem. Essa reportagem mostra a moblização dos profissionais da educação em se preparar, através do curso braille, para receber os alunos portadores de deficiência visual, possiblitando-os o direito e a igualdade social dentro do ensino-aprendizagem.

    ResponderExcluir
  11. Cristiane Helena da Silva12 de maio de 2011 12:52

    Eu vejo a importância da professora entender e ser portadora da deficiência visual pois nada mais sábia aquela que domina o que realmente tem noção de como nós videntes poder conduzir e aprender a lidar com os alunos.Parabéns.

    ResponderExcluir
  12. Janaina Sotério
    Nossa como essa reportagem chega a me dar cada vez mais vontade de aprender Braille,pois gostaria muito de ajudar fazendo a diferença..

    ResponderExcluir
  13. Maria Helena Alves Dias...
    Gostei muito da reportagem.Ela mostrou a importância de se preparar para receber os alunos portadores de deficiêcia visual,possibilitando ao direito de todos na educação inclusiva.

    ResponderExcluir