terça-feira, 16 de novembro de 2010

Projeto Braille Acessível: os resultados da multiplicação do conhecimento







Vocês se lembram de Franqueslane? Ela foi aluna da 1ª turma do curso Grafia Braille: “semeando leitores e escritores competentes”, pela Gpeconline . Após concluir o curso, ela se tornou multiplicadora das informações sobre deficiência visual através do “Projeto Braille Acessível”, desenvolvido em Gurupi – TO.
Agora os resultados deste projeto ela compartilha conosco. Acompanhe:

“O Projeto Braille Acessível surgiu mediante as dificuldades que os educandos com deficiência visual inclusos no Ensino Fundamental enfrentam no processo de leitura e escrita, pois os demais à sua volta não conhecem o Sistema Braille de leitura para cegos. Essa dificuldade nos levou a criarmos esse projeto para divulgação desse sistema, o qual tem o intuito de melhorar a inserção desse aluno com deficiência visual na sala regular.
Por sermos conhecedores da importância que uma boa leitura tem que alavancar os conhecimentos educacionais e pessoais, é que ressaltamos a importância do aprendizado desse sistema de leitura e escrita para o deficiente visual. Pois qualquer aprendizagem só é possível por intermédio da língua, visto que é por meio dela que se toma contato com as representações construídas pelas várias áreas do conhecimento.
O nosso curso já está na metade e cada encontro tem sido um momento único de partilha e aquisição de novos conhecimentos, o grupo é bem integrado e tem sido muito promissor estamos na fase da descoberta da leitura e da escrita usando o alfabeto.”
O projeto Braille acessível conta com a consultoria online da pedagoga Luciane Molina, que continua em contato com Franqueslane para sugerir novas atividades e acompanhar os avanços, passo a passo no processo de letramento e alfabetização pelo método Braille.

Para ler a matéria sobre o Projeto Braille Acessível já publicado neste blog, acesse: http://www.braillu.com/2010/09/projeto-braille-acessivel.html




Descrição de imagem
Foto 1: Grupo de cursistas e professora Franqueslane;
Foto 2: Cursistas confeccionando um alfabraille;
Foto 3: Cursista apresentando um alfabraille confeccionado com cartela de ovos e bolas de desodorante rollon;
Foto 4: uma cursista mostrando um caderno com formas geométricas construidas com EVA para explorar formas e texturas.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Curso de Braille em Lorena: última aula













Durante quase seis meses estivemos juntas. Construimos e redescobrimos formas e maneiras de criar, transformamos expectativas em descobertas, sonhos em realidade... aprendemos a quebrar mitos, observando as reais ações no convívio com deficientes visuais. Compreendemos que uma símples ficha de inscrição para um curso cujo conteúdo era "desconhecido" para a grande maioria, trazia consigo as expectativas de um grupo, que hoje, conquistou mais uma etapa. Uma conquista que foi conseguida dia-a-dia, aula a aula... uma conquista que dependeu muito de cada um, porém, que só foi conseguida a partir do envolvimento de todos. O último dia, porém, não é o final, e sim o começo de uma nova fase. Tudo o que se "conheceu" não deixará de existir dentro de cada um dos participantes dessa formação. Construimos uma história, semeamos conhecimento, fazemos parte dos multiplicadores dessas informações tão valiosas para o convívio com deficientes visuais. Agradeço às meninas pelo empenho e dedicação, pelas construções, pela participação... que vocês continuem semeando e cuidando, com muito carinho, dessa "semente de luz", eu estarei de braços abertos e de mãos estendidas para contemplar os frutos desse jardim.

Um grande abraço!

Profª. Luciane

OBS: No dia 03/11 as cursistas redigiram um texto em Braille, falando sobre o curso e fazendo uma reflexão sobre a importância de se aprender Braille ((linha do tempo: antes e depois do curso de Braille). A partir do texto redigido como proposta de avaliação final, fiz a reescrita das produções, que foram digitadas por mim e impressas em tinta. A devolutiva e entrega dos textos aconteceu no dia 10/11, juntamente com uma lembrancinha personalizada (chaveiro com o nome bordado em Braille) e uma festa de confraternização.

Descrição das imagens:
Foto 1: algumas alunas redigindo o texto da avaliação, em Braille;
Foto 2: Imagem das lembrancinhas; chaveiros bordados com o nome em Braille;
Fotos de 3 a 12: Professora Luciane entregando a avaliação e lembrancinhas para cada aluna.

Roteiro - audiodescrição do comercial Itaú um mais um é maior que dois

Por Keyla Rafaela Minatti Cristofolini - quinta-feira, 04 novembro 2010

Comercial Um mais Um é Maior que dois.

Uma menina joga com a mão direita uma pedra branca no sexto quadrado de uma amarelinha desenhada no chão. Ela pula num pé só, usando o pé esquerdo no número 1, depois 2 e 3. Em seguida, pula com os dois pés, com o pé esquerdo no número 4 e com o pé direito no número 5 . Uma outra menina se encosta numa fita métrica colada em uma parede indicando sua altura de 1 metro e dez centímetros. Ela olha para cima e com a mão direita indica que chegará há um metro e trinta e cinco centímetros. Imagem de uma menina e de um menino de costas, eles estão sentados sobre uma sacada avistando uma cidade cheia de prédios bem à frente. O menino abraça a menina com o seu braço esquerdo, passando por de trás das costas e apoiando o seu braço no ombro dela. Legenda do vídeo: numeral 1, sinal de mais, numeral 1, sinal de igual e o numeral 2. Aparece apenas as quatro pernas das crianças balançando. O pé direito da menina e o pé esquerdo do menino se entrelaçam. Cada pé entrelaçado tem debaixo um parte do desenho de um coração contornado de vermelho que juntos formam o coração. Uma menina de costas, usando uma camisola e segurando um urso de pelúcia com a mão direita está num quarto escuro onde corre em direção a um ambiente iluminado. Em uma cama, um homem e uma mulher aparecem dormindo e essa mesma menina deita-se no meio deles com o seu urso de pelúcia. Legenda: numeral 1, sinal de mais, numeral 1, sinal de igual e numeral 3. Crianças jogando futebol de areia numa praia ao fundo o Corcovado. Os meninos se reúnem para uma foto em frente à trave do gol, que está sem rede e com a estrutura de madeira. Eles fazem duas fileiras, na fileira da frente tem 4 meninos, todos abraçados e apoiados com um dos joelhos na areia. Na fileira de trás também tem 4 meninos que estão abraçados e em pé. Legenda: numeral 1, sinal de igual e numeral 3. Em seguida, aparece o numeral 1, sinal de igual e numeral 22. Uma moça, de cabelos longos, aparece de costas. Ela mesma se abraça. Legenda: numeral 1, sinal de mais, numeral 1, sinal de igual e numeral 1. Ela se vira e sorri. Legenda: Palavra Você. Duas mulheres passeiam felizes em uma bicicleta para duas pessoas. Surge o rosto de um menino brincando com um ábaco nas cores laranja, azul e amarelo, que representam o Banco Itaú. Esse mesmo menino aparece de mão dada com o seu pai, indo em direção a uma agência do Banco Itaú. Os dois entram, observam várias pessoas andando e ou sendo atendidas. A imagem de um dedo indicador que é posto num leitor de digitais. Clientes da agência são atendidos por uma simpática moça. Um casal sorri, parecendo satisfeitos. Imagem de clientes sendo atendidos por funcionários. Uma moça de cabelos curtos, sentada num sofá parecendo estar em sua casa, usa seu I Pod na página do banco Itaú. Legenda: numeral 1, sinal de mais, numeral 1, sinal de maior e numeral 2. Pai e filho, ainda na agência, navegam pela página do banco refletida na parede. O pai pega o seu filho no colo, logo em seguida o menino com o dedo indicador, clica na página refletida na parede. O pai pergunta informações para um atendente que passa por eles. Aparece então a moça que acessava o banco de casa, uma mulher negra, um homem que estava sendo atendido e por fim uma mulher que sorri e faz com o dedo indicador o desenho no ar do símbolo do Itaú. Legenda: Frase: Feito para você.

"Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da Audiodescrição."
video

Roteiro - audiodescrição do comercial Itaú Milênio

Por Keyla Rafaela Minatti Cristofolini - quinta-feira, 04 novembro 2010

Comercial Itaú Milênio.

Globo terrestre visto do espaço. Surge um olho humano que pisca e dentro na pupila sai a imagem de uma menina sentada em um balanço entre árvores. A mesma menina corre descalça sobre as folhas secas caidas no chão entre um bosque. Aparece somente o rosto da menina e rapidamente o rosto de uma mulher ( aparentemente ela adulta) com uma grinalda. Volta a imagem da menina segurando uma flor. Um carro de fórmula 1, o rosto de um piloto fechando seu capacete. Crianças jogam futebol num pátio de cimento. Imagem de pernas de jogadores de futebol jogando num gramado.. Crianças jogando futebol na chuva entre um carro estacionado perto de uma calçada. Fazem festa parecendo que comemoram um gol. Um garoto joga a bola pra cima e quando ela desce ele domina no peito. Um garoto ao seu lado sorri. Imagem de pés driblando uma bola que cai em uma poça d’agua. Imagem de um jogador da seleção brasileira fazendo um gol de bicicleta. Outros jogadores chegam junto e se abraçam comemorando o gol. Um guindaste no meio de um ferro velho revira a sucata soltando do alto pedaços de metal. Um carro explode e pega fogo. Labaredas tomam conta da tela. Três bombeiros se abaixam perto desse carro incendiado. Céu azul e pássaros voando sobre o mar. Um senhor observa com uma câmera esses pássaros e apoia na perna o laptop. Vê -se essa mesma imagem na tela de seu computador. Uma tartaruga nada calmamente no fundo do mar entre corais e algas. Um cardume passa por ela. A menina e um grande macaco estão sentados sobre uma pedra. O macaco está fazendo carinho na cabeça da menina e ela segura uma flor. Depois ele abraça a menina e também segura a flor. Flashes rápidos aparerecem: pessoas, Albert Eisten, um astronauta passeando no espaço obervando a lua, um foguete sendo lançado para o espaço. Imagem de um rosto de astronauta dentro do seu capacete. Imagem de uma folha de papel com linhas. Uma mão escreve com lápis a palavra dezesseis. Um idoso é que escreve sendo auxiliado por um rapaz. O rapaz aparece em uma carteira escolar sentado, com um lápis encostado no queixo como se estivesse refletindo ou pensando algo. Aquele mesmo senhor aparece de pé, segurando uma folha de papel ao lado de uma professora, sendo aplaudido. Imagem de uma estufa grande, cheia de mudas verdes e bem ao fundo uma pessoa vestida de branco trabalhando. O globo terrestre gira bem verde. Imagem de crianças carecas sorrindo correndo e brincando. Surge o rosto de um bebê sugando o peito de sua mãe. Todas a imagens anteriores passam rapidamente. Uma menina escostada num muro com as mãos aos ouvidos como se estivesse ouvindo explosões. Um soldado num campo de batalha olha triste pra traz. Uma menina corrre sorrindo. Uma senhora com um lenço na cabeça anda rapidamente com uma mala na mão como se estivesse fugindo. Imagem de um exame neurológico. Um homem observa em um microscópio. Ele olha pra uma mulher ao seu lado e ela sorri. Ele olha novamente no microscópio e duas células se separam. Um homem num leito é observado por uma mulher triste. Imagem de uma arma atirando. Várias canhões sob uma plataforma de um navio saindo vários tiros em direção ao mar. Um homem no campo de batalha atira e abaixa a cabeça triste. A mulher que fugia agora corre de mãos dadas com duas crianças. A menina que estava segurando a mão nos ouvidos, aperta com mais força e abaixa a cabeça chorando. O rosto de um bebê aparece chorando, bocejando no colo de sua mãe. Legenda: Que todos nossos sonhos se realizem no próximo milênio. Itaú bem-vindo ao ano 2000.

"Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da Audiodescrição."
video

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Roteiro - Audiodescrição do Comercial Das Casas Bahia (Dia das Mães - Sapequinha)

Por Sayonara Gregorio Corrêa de Mello - sexta, 16 julho 2010 Tempo de Duração: 1min. 1ª cena: Criança (menina) de colo engatinhando e senta-se no chão, olha fixamente para mãe que está em casa arrumando a mesa. 2ª cena: Criança no berço chora. A mãe a pega no colo carinhosamente e troca sua fralda. 3ª cena: Mãe dá comida à criança que está sentada em sua cadeirinha apropriada. A criança está comendo e pegando o macarrão em suas mãos. 4ª cena: Criança na banheira cheia de água toda ensaboada. 5ª cena: Criança pegando os bichos de pelúcia, apertando e deitando sobre eles. 6ª cena: Criança dando os primeiros passos muito feliz indo em direção à sua mãe. As duas se abraçam alegremente. última cena: Mascote das Casas Bahia ( menino em desenho animado) com um buquê de rosas nas mãos oferecendo a todas as mães. Logomarca e slogan da loja. "Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da Audiodescrição."
video

Roteiro - Audiodescrição do Novo Comercial da Coca-Cola

Por Ariovaldo Vieira da Silva - quarta, 7 julho 2010 Observações sobre a audiodescrição: Alguns quadros, nos quais acontece a ação podem dificultar a compreensão da mensagem que a propaganda. Não há diálogo entre os personagens, apenas movimentos, surgimentos de novas figuras, explosões e expressões faciais. Narradora- Deisy Paula. O ledor será Ari Vieira. Ledor - Numa sala ampla três homens, sendo que dois estão sentados. O outro coloca uma garrafa de Coca-Cola sobre a mesa e sai da sala; Um deles olha para a garrafa e a pega, fica sacudindo, passa para o outro sentado, que faz o mesmo movimento com a garrafa e a recoloca na mesa. A garrafa emite um ruído como se fosse explodir. O outro homem voltou para a sala, pegou a garrafa e ao abri-la a cena vai para um outro lugar, aparecem dois outros personagens assustados quando observam uma explosão do gás sacudido, a imagem sai da sala e surge uma imagem aérea do líquido em forma de cascata, abrindo um clarão no céu. Os prédios ao lado sentem a explosão, a imagem remete para uma explosão atômica, ou seja, fortes luzes lançadas. Uma música surge, dando a ideia de movimentos, até uma árvore começa a crescer na calçada, tamanha é a força do produto. Pessoas se aglomeram, e subitamente as imagens nos eleva ao espaço, surgindo o efeito da explosão no meio do planeta Terra, e uma mensagem aparece: Narrador – SUA FELICIDADE TRANSFORMA Ledor – aparece uma garrafa de Coca-Cola Narrador – VIVA O LADO COCA-COLA DA VIDA "Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da audiodescrição."
video

Roteiro - Audiodescrição Comercial Sustagen Kids

Por Ariane Lima França - quinta, 8 julho 2010 O comercial fica no ar por 31 segundos. Vou narrar o comercial do menino “prodígio” da sustagem kids que adora chicória. A cena se passa em um supermercado. Ao fundo próximo à prateleira de legumes, o menino começa o diálogo. A mãe, de costas para ele, esta próximo de uma banca que contém cenouras. ela volta-se para o carrinho de compras, ao mesmo tempo que o menino. Ele fica nervoso, chuta o carrinho e faz birra, as pessoas ao redor observam assustadas. A mãe entrega ao menino o rabanete. Aparece a lata do produto e uma mão pega um pouco de seu conteúdo com uma colher e acrescenta a um copo de leite. O menino do supermercado agora está em casa, sentado a uma mesa, aparentemente tomando café ao lado da mãe, que mexe o sustagem juntamente ao leite. A mãe fica assustada. O produto aparece dentro de um carrinho de supermercado junto a alguns legumes. "Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da audiodescrição."
video

Roteiro - Audiodescrição do comercial Shampoo Colorama

Por Helen Malta Valladão - sexta, 9 julho 2010 A cena começa com várias mulheres segurando um frasco de shampoo. Uma mulher chama atenção levantando seu braço esquerdo e falando: __EI,EI VOCÊ SE LEMBRA DA MINHA VOZ? CONTINUA A MESMA, MAS MEUS CABELOS, QUANTA DIFERENÇA. Nesse momento só aparece a mulher em cena. Ela passa a mão no próprio cabelo e vai virando a cabeça para o lado direito. ...É QUE PARA ELE EXISTE SHAMPOO COLORAMA. COLORAMA TORNA OS CABELOS LEVES, MACIOS, BRILHANTES. Nesse momento, a mulher vai virando a cabeça até ficar de costas. Segura o frasco de shampoo com a mão direita e mostra a embalagem. ... COLORAMA É APRESENTADO EM QUATRO TAMANHOS E OITO FÓRMULAS DIFERENTES... Enquanto o narrador fala, as embalagens do shampoo são mostradas sobre uma prateleira. ... E UMA PARA CADA TIPO DE CABELO... Aparece ao fundo a mulher passando a mão no cabelo. ... E PARA MAIS BELEZA, CREME RINSE COLORAMA... Mostra a imagem do frasco de creme rinse. QUANDO OS CABELOS SÃO LINDOS, TUDO É LINDO NUMA MULHER. Enquanto fala,a mulher mostra a embalagem do shampoo próximo ao rosto. ... COLORAMA É BOZZANO... No final da cena, aparecem quatro frascos de shampoo em tamanhos e cores diferentes e depois a logomarca e o nome do fabricante. "Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da Audiodescrição."
video

Roteiro - Audiodescrição de um Comercial Europeu sobre o Dia das Mães

Por Juliana Panissa Minchillo - sábado, 16 outubro 2010 O comercial tem a duração de 32 segundos. Descrição: Uma musica suave de piano toca. Crianças na escola, desenham em uma folha branca. Um aluno escolhe um lápis para desenhar. O aluno, um garotinho de uns 7 anos, tem cabelos cacheados e usa uniforme. Ele desenha uma frase com muita força em sua folha. A professora olha admirada com o desenho do aluno e percebe uma frase escrita ao contrário e com muita força no papel, fazendo um relevo pela parte de trás. O garoto entra na sala de casa, joga a mochila no chão. Ele vai até sua mãe, que é cega, e entrega a folha com o desenho. A mãe expressa um semblante de felicidade e sorri. Toca o desenho e percebe a frase "Te Amo" em relevo na folha. Os dois se abraçam e o som de piano aumenta enquanto a cena desfoca e surge a frase escrita: "Feliz dia das Mães" . A cena escurece e termina o comercial. Aparece a marca "Expréssate" ETB. "Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da Audiodescrição."
video

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Roteiro - Audiodescrição do comercial Banco Itaú

Por Keyla Rafaela Minatti Cristofolini - domingo, 11 julho 2010 Comercial Banco Itaú. Tempo aproximado 1:04. Legenda do vídeo: fevereiro de 2010. Uma mala de guitarra é aberta. Imagem por baixo de um banco, onde pessoas estão sentadas com as pernas balançando. Legenda do vídeo: Os funcionários do Itaú Unibanco gravaram um compromisso para você. Imagem de pessoas sentadas dentro de um ônibus em movimento. Duas mulheres estão sentadas lendo um papel que cada uma delas segura, e calmamente olham para janela. Dois homens sentados no banco de trás, também olham para a direção da janela e observam o que tem lá fora. Legenda do vídeo: Aparece o símbolo: Itaú e a frase: Feito para você sonhar. Aparece a imagem da mão de uma pessoa escrevendo com caneta, notas musicais em uma partitura. Dois homens ensaiam juntos. Um deles está sentado à frente do piano e escreve numa folha apoiando-se sobre o mesmo. Já o outro homem, canta e toca um violão ao lado do piano. Ao fundo aparecem vários instrumentos musicais no chão e uma pessoa no canto direito da tela. Imagem de um fio sendo ligado na caixa de som. Um ônibus parado é visto de trás, com a porta aberta. Um rapaz de mochila está de costas e anda na calçada, passa caminhando ao lado do ônibus. Do ônibus sai um homem, depois descem mulheres e outros homens. Seguem caminhando para o seu lado esquerdo. Eles abrem uma porta grande dividida ao meio, entram e observam o espaço. No lugar tem alguns instrumentos musicais como um microfone e suporte para partitura. Aparece a imagem da mão de uma pessoa escrevendo com lápis num papel, uma música em inglês. Uma moça está sentada no chão com lápis e folhas nas mãos. Ela ajeita as folhas batendo-as levemente no chão. As pessoas entram em fila num lugar amplo, com vários instrumentos musicais sobre o chão. As pessoas recebem papéis com a letra da música. Um rapaz de cabelos cacheados e usando óculos de grau, está tocando piano. Homens e mulheres jovens estão posicionados em fila, um no lado do outro e um atrás do outro, como num coral. Recebem fone de ouvido de um rapaz. As pessoas colocam o fone de ouvido. Uma moça coloca o fone de ouvido com ajuda de um rapaz. Em seguida aparece o painel de áudio sendo regulado. O moço responsável pelo som e o maestro fazem um gesto (apontam e contam até dois) para que as pessoas começam a cantar e tocar. Imagem das mãos tocando um teclado. No palco as pessoas cantam. Duas pessoas andam na frente do coral, um rapaz ajeita a partitura e outro rapaz senta na frente da bateria. Imagem de cima e de frente do anfiteatro lotado de pessoas cantando. Há um pouco mais de 20 pessoas no palco e centenas de pessoas em pé na platéia. A maioria delas canta sorrindo e abraçados um a um, também tem algumas pessoas de braços abertos. Durante a música, a imagem das pessoas cantando e tocando aparece em três telões. Um telão no centro do palco, e os outros dois telões em cada lado do anfiteatro. Aparece à imagem de cima da platéia, com todos cantando abraçados. No final da música as pessoas levantam os braços e mexem as mãos como se estivessem batendo palmas em LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais). "Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da Audiodescrição."
video

Roteiro - Audiodescrição Comercial NIÑOS CAN CÂNCER

Por Fabiana Tavares dos Santos Silva - sábado, 28 agosto 2010 Este vídeo ganhou um premio de publicidade em Cannes, COM DURAÇÃO DE 51 segundos. Menina de aproximadamente oito anos, pele clara, cabelos e olhos castanhos, veste calça de malha, blusa listrada de mangas na cor azul clara. Aparece deitada na cama. Levanta-se, olha pela janela. Senta-se no chão, abre uma necesser verde, despeja no chão os objetos contidos na bolsa. Pega uma tesoura e começa a cortar os cabelos. Ela corre para abrir a porta. Ao lado de fora, estão uma mulher, um homem e um adolescente que retira o boné, deixando a mostra a cabeça sem cabelos, e coloca-o na garotinha. Ela fita-o olhando nos olhos dele e baixa a cabeça sorrindo levemente. "Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da Audiodescrição."
video

Roteiro - Audiodescrição do Comercial do Pão-de-açúcar

Por Roberta Magalhães Elias - domingo, 11 julho 2010 Comercial: Pão-de-Açucar: O que faz você feliz (Voz de Gilberto Gil) Tempo de duração: 1:04 Começa o comercial com uma pipa voando no céu azul. Em seguida um garoto sorrindo e um slogam escrito "Feliz". As imagens mudam rapidamente e logo aparece uma garota sorrindo; um cão comendo um sanduíche de um prato sobre a mesa. Surge um garoto correndo na areia da praia, soltando uma pipa. Em outro local, parecendo um jardim, uma moça girando feliz cheirando um pequeno buquê de flores; uns pés, de um adulto e uma criança, caminhando na areia da praia; dois garotos em uma via pública, caminhando abraçados e um deles segurando uma bola ao lado. Deitado, surge um bebê brincando com os próprios pés; cena familiar de uma senhora e uma menininha chupando uva. Em um local aberto, dois braços envolvem o tronco de uma árvore; uma pessoa coloca uma joaninha na folha. Ciclista em avenida, de capacete, com os pés livres do pedal. Alguém sendo acordado por um despertador, enquanto permanece deitado por uns instantes. Garota batendo palmas de frente a um bolo confeitado com velinhas acesas; gestante acariciando a própria barriga; uma moça se espreguiçando na rede e outra, tomando chuva, com ar de felicidade, e a sombrinha aberta ao lado. Em um banco de praça, uma garotinha dá um beijinho no garotinho sentado ao seu lado. Casal, parece apaixonados, na areia da praia correndo e se abraçando. Folha seca voando de um livro aberto; na rua, uma moça negra sorrindo. Salada fresquinha de tomate, rabanete e verduras sendo regada com azeite. Pão quentinho sendo cortado com as mãos. Pessoas em uma cozinha, em clima de festa, fazendo macarronada. Senhora descansando em uma espreguiçadeira na areia da praia. Crianças e um pai em uma aula de balé. Moça relaxada em um sofá comendo maçã e finalmente, menininha de óculos sorrindo feliz. "Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da Audiodescrição."

video

Roteiro - Audiodescrição do Comercial Sadia Conversa

Por Marli Dias de Oliveira - quinta, 22 julho 2010

duração do video 33 segundos.

1ª cena - aparece, rapidamente, alguns porta retratos. Em seguida, uma avó na cozinha prepara um lanche. de repente aparece uma criança na janela, pega uma fatia de presunto e come.

2ª cena - aparece o avô, que chama o neto para uma pescaria. Eles se despedem da avó e da irmã. Ambas aparecem na janela da cozinha comendo um sanduiche.

3ª cena - mostra os dois, avô e neto, pescando. Logo em seguida deliciam um sanduiche com presunto Sadia.

4ª cena - mostra os dois indo embora de mãos dadas. Ao chegar no sítio encontram sua família reunida.

5ª cena - aparecem os produtos Sadia e o mascote da marca, que é um frango.

"Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da Audiodescrição."
video

Roteiro - Audiodescrição do comercial Defendendo a Inclusão de Deficientes Físicos AACD

Por Maysa Freire de Almeida - domingo, 22 agosto 2010

Duração do comercial: 31 segundos

Um garoto com idade aproximada de 12 ou 13 anos, deficiente físico, utilizando bengalas para locomoção atravessa a praça e entra na Biblioteca. Vai em direção à prateleira e com a ajuda da bengala tenta capiturar um livro que está bem no alto. Uma garota da mesma idade vê e o ajuda, ela utiliza a escada que está próxima pra alcançar o livro, mas está usando uma mini saia. Enquanto isso o garoto acompanha ela subindo a escada e sorri... A bibliotecária sorri detrás do computador e a garota entrega o livro sorrindo pra ele. Num outro ângulo da biblioteca têm outra garota usando mini saia, ele a avista e aparece uma legenda: GAROTOS SÃO TODOS IGUAIS. O garoto tenta alcançar novamente outro livro próximo a garota... A cena acaba e aparece o slogan da AACD (associação de assistência da criança deficiente) e a legenda: AS DIFERENÇAS ACABAM AQUI.

"Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da Audiodescrição."
video

Roteiro - Audiodescrição do comercial das Havaianas

Por SHIRLEY ALVES GODOY - quarta, 20 outubro 2010 Nome: A troca Tempo: 31s Cena I Uma moça descendente de japoneses, trajando um vestido preto, abre a gaveta de um armário em seu closed, esta gaveta esta repleta de sandálias Havaianas de diversas cores. Ela procura uma para usar, decide pela cor laranja, calça a sandália, pega uma bolsa e sai. CenaII Um rapaz em traje social, com uma blusa meia estação em seus ombros,está encostado na porta de um carro conversível. A moça da cena anterior vem de encontro ao rapaz. Cumprimentam-se, então ele pergunta se ela está pronta. Ela responde que sim e o convida para sair, ao que o rapaz responde se ela vai sair daquele jeito, referindo-se as sandálias. A moça responde que sim, pois ela está de Havaianas e todo mundo usa Havaianas. Então ele sugere que ela troque de calçado. CenaIII Ela concorda, solicita um tempo, pedindo para que ele esperasse por ela, ele concorda. Cena IV A moça aparece em sua sala telefonando para outra pessoa. Diz que está descendo e despede-se com um beijo. Cena V O rapaz encostado no carro ajeita as mangas da blusa que se encontra sobre seus ombros. A moça retorna, calçando as mesmas sandálias, neste momento surge um rapaz dirigindo um jipe. A moça olha parao primeito rapaz e diz que está pronto feito a troca, embarca no jipe e sai com o outro rapaz, o primeiro fica de boca aberta. "Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da Audiodescrição."
video

Roteiro - Audiodescrição Comercial da Kombi anos 90

Por Lúcia Filomena Pauli Bettiol - terça, 13 julho 2010 A propaganda tem aproximadamente 45 segundos, mostrando duas crianças que compartilham suas aspirações para o futuro. Logo após que o primeiro fala sua vontade, que é ter um carro conversível, temos a imagem dele dentro de um conversível, com uma bela mulher ao seu lado. Já o outro garoto, conta que gostaria de ter uma Kombi, para surpresa do primeiro. Logo depois, temos ele dentro de uma Kombi, mas ao invés do primeiro menino, que tinha apenas uma mulher ao seu lado, o garoto da Kombi tinha várias. Por fim, é mostrada a nova linha de Kombi, com novas cores e design. - Roteiro de como seria a áudio-descrição dessa propaganda: 1- Câmera subindo dos pés de duas crianças, e uma está com uma bola nos pés. 2- Ao continuar subindo, aparecem cadernos em seus colos e os uniformes escolares que estão vestindo. 3- O primeiro garoto fala que seu sonho quando crescer é ter um carro conversível. 4- Em seguida, temos seu pensamento, em que ele imagina que está dentro de um carro conversível, com uma moça ao seu lado. 5- A moça segura uma canga nas mãos, que balança por causa do vento, e coloca a mão em seu braço. 6- Logo depois, a segunda criança fala que seu sonho é ter uma Kombi, e o primeiro menino fica com cara de espanto. 7- Depois, temos o pensamento dele, que se imagina dentro de uma Kombi, só que com várias moças. 8- Todos fazem barulho e batem palmas. 9- Até que uma das moças dá um beijo em seu rosto. 10- Por fim, temos a imagem de três Kombis, e o símbolo da Volkswagen, com a frase embaixo: "Você conhece, você confia". "Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da Audiodescrição."
video

Roteiro - Audiodescrição do Comercial da Pepsi

Por Gizele Evangelista de Oliveira Alves - quarta, 20 outubro 2010

Um rapaz coloca uma moeda em máquina de refrigerante da Pepsi;
Uma moça de vestido, muito bonita, anda pelo corredor;
O rapaz aperta o botão que libera uma lata de refrigerante Pepsi;
A moça balança seus cabelos, andando na direção do rapaz;
A moça beija a boca do rapaz, que tem a expressão facial de surpreso;
A moça retira a lata de Pepsi da mão do rapaz e bebe;
A moça se vira e vai embora pelo corredor;
O rapaz sorri; O rapaz chama a moça pelas costas, ela se vira para ele, que mostra uma garrafa de 2 litros de Pepsi para ela;
O rapaz sorri. Uma garrafa de vidro de Pepsi com aparência bem gelada se abre e jorra o refrigerante em uma cascata.

"Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da Audiodescrição."

video

Imagens que Falam: A Audiodescrição para os Deficientes Visuais

O QUE É?
 É um recurso de acessibilidade que consiste na descrição clara e objetiva de todas as informações que compreendemos visualmente e que não estão contidas nos diálogos, como, por exemplo, expressões faciais e corporais que comuniquem algo, informações sobre o ambiente, figurinos, efeitos especiais, mudanças de tempo e espaço, além da leitura de créditos, títulos e qualquer informação escrita na tela;
 É a arte de transformar aquilo que é visto no que pode ser ouvido, permitindo que as pessoas com deficiência visual possam assistir e entender melhor filmes, peças de teatro, musicais, apresentações, aulas, palestras, entre outros. A audiodescrição implica em oferecer aos usuários desse serviço as condições de igualdade e oportunidade de acesso ao mundo das imagens, garantindo-lhes o direito de concluírem por si mesmos o que tais imagens significam, a partir de suas experiências, de seu conhecimento de mundo e de sua cognição.
O QUE ELA PERMITE?
 Permite que o usuário receba a informação contida na imagem ao mesmo tempo em que ela aparece, possibilitando que a pessoa desfrute integralmente da obra, seguindo a trama e captando a subjetividade da narrativa, da mesma forma que alguém que enxerga.
COMO ACONTECE?
 As descrições acontecem no espaço entre os diálogos e nas pausas entre as informações sonoras do filme ou espetáculo, nunca se sobrepondo ao conteúdo sonoro relevante;
 A informação audiodescrita se harmoniza com os sons do filme ou espetáculo.
TIPOS MAIS COMUNS
 Audiodescrição gravada
 Audiodescrição ao vivo ensaiada
 Audiodescrição simultânea
AUDIODESCRIÇÃO INFORMAL:
 Audiodescrição traz a formalidade para algo que era, anteriormente, feito informalmente e acontecia quando as pessoas com deficiência visual, mais curiosas, começavam a fazer perguntas tirar dúvidas sobre os acontecimentos "sem áudio" suficiente para o pleno entendimento;
 Não é desconhecido, por exemplo, a linda, poética e significativa audiodescrição feita pelo cosmonauta Iuri Gagarin, em que, ao ver a terra de onde ninguém jamais vira antes, descreveu nosso planeta como: “A Terra é azul!”, trazendo aos que a terra não podiam ver a informação de que cor ela era. E quantos mundos azuis deixam de ser acessíveis às pessoas com deficiência visual pela ausência da audiodescrição, em particular, e pelas demais barreiras comunicacionais em geral?

Durante os cursos que ministro para capacitar professores em Grafia Braille e Dosvox e, até mesmo em palestras que realizo, dedico um momento especial para divulgar o recurso da audiodescrição. Nesses encontros, é visível o desconhecimento desta técnica pelos profissionais da educação e pelo público, em geral que, a partir do momento em que começam conhecer a AD e todas as possibilidades ficam encantados e atentos para o quanto poderão contribuir, daqui pra frente, para que uma imagem se torne acessível a um deficiente visual. É por meio de filmes, comerciais com e sem audiodescrição e roteiros escritos que passamos a divulgar os "sons" das imagens. Compartilho com vocês, leitores deste blog, alguns roteiros escritos de audiodescrição de comerciais feitos por alunas do curso "Grafia Braille - Semeando Leitores e Escritores Competentes".

"Divulgação: Espaço Braille com apoio do Blog da Audiodescrição."